10 Dicas para uma iluminação perfeita, moderna, funcional e econômica!

Uma iluminação adequada e bem projetada faz toda a diferença no resultado da sua decoração.

Costumo brincar com os meus clientes que uma sala com uma iluminação bem projetada e com um puff terá um resultado muito melhor, mais moderno e aconchegante do que uma decoração caríssima sem a iluminação correta.

O projeto luminotécnico irá definir o melhor tipo de luminária, de lâmpada, qual a melhor posição.. detalhes que podem parecer “bobos” mas que na verdade fazem toda a diferença, inclusive na economia de energia na sua conta de luz! 😉

Trazemos aqui pra você  10 dicas para uma iluminação perfeita e econômica!


1 – Caso seja possível, faça o projeto luminotécnico ainda no momento da construção, evitando trabalhos e gastos adicionais. Caso esteja reformando, é muito importante fazer esse projeto juntamente com os demais projetos da reforma. Isso vai te ajudar a economizar tempo e dinheiro! Constam no projeto luminotécnico as especificações de luminárias, tipos e temperaturas (cor) de lâmpadas e pontos elétricos (interruptores).

2 – A iluminação funcional e decorativa é aquela que valoriza cada ponto da sua decoração como obras de artes ou revestimentos, dividindo ambientes, definindo áreas de circulação, prezando pelo charme e beleza como um todo sem esquecer do gasto de energia no final do mês.

3 – As lâmpadas de LED são as melhores opções quando falamos em economia e durabilidade. Além do baixo consumo de energia das próprias lâmpadas, elas também não geram o aquecimento que as lâmpadas halógenas ,por exemplo ás dicróicas, geram, exigindo menos do ar condicionado e economizando ainda mais no consumo de energia.  Sugiro sempre o uso mesclado de temperatura para todos os ambientes, trazendo assim uma iluminação funcional e aconchegante. Costumo usar a luz de fundo branca (4500K á 6500K) e a luz decorativa amarelada (2700K á 3500K)

   

4 – A iluminação indireta em sancas, cortineiro iluminados ou arandelas são excelentes opções para salas, quartos onde queremos uma iluminação decorativa com o conforto da não incidência diretamente sobre os nossos olhos.

5 – O forro de gesso é a melhor opção para um projeto de iluminação, pois possibilita uma melhor distribuição dos pontos de iluminação.

6 – Para banheiros e cozinhas, o ideal é usar uma iluminação branca e potente, pois a intenção nesses ambientes é trazer uma iluminação o mais uniforme possível. Vale muito á pena usar uma iluminação decorativa, mais amarelada sobre as bancadas e pias. Esse efeito vai trazer um resultado mais intimista e sofisticado.


7 – Para iluminações sobrepostas, onde não temos forro de gesso para usarmos as embutidas, sugiro sempre as luminárias quadradas ou retangulares de painel de LED. Elas trazem todos os benefícios do LED e ainda são super discretas e modernas.

8 – Os trilhos eletrificados são ótimas opções para imóveis alugados, pois não pedem um rebaixamento de gesso, trazendo mais economia, e são super simples de instalação.

9 – Sensores de presença são muito bem vindos em hall de entrada, lavabo ou banheiro. Além de gerarem o impacto visual do acendimento automático podem ajudar na economia de energia.


10 – As fitas de LED são ótimas opções para a parte interna de móveis, prateleiras, painéis de TV ou de cabeceira de cama, pois ocupam pouco espaço e são de simples instalação.

Se tiver qualquer dúvida sobre projeto luminotécnico me escreva, vou adorar poder te ajudar, sempre!!

Nos vemos em breve!

Vivi Leite – Designer de Interiores

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *